Vale a pena ter um sistema de gestão ambiental?

January 18, 2017

Frequentemente recebemos esse tipo de pergunta, e por isso, resolvemos explorar um pouco mais do assunto. Já dissemos aqui, como a gestão ambiental pode ser uma alternativa em momentos de crise.

 

Mas será que vale pena ter um sistema de gestão ambienta? Bom para responder essa pergunta, precisamos primeiro entender o que é um sistema de gestão ambiental, quais as suas complexidades, vantagens e desvantagens.

 

Bom segundo a ISO 14.001, o sistema de gestão ambiental pode ser entendido como:
 

"a parte de um sistema da gestão de uma organização, utilizada para desenvolver e implementar sua política ambiental e para gerenciar seus aspectos ambientais."

 

Ainda segundo a norma, um sistema de gestão pode ser entendido como um conjunto de elementos inter-relacionados utilizados para estabelecer a política e os objetivos e para atingir esses objetivos, incluindo estrutura organizacional, atividades de planejamento, responsabilidades, práticas, procedimentos, processos e recursos.

 

Ou seja um sistema de gestão ambiental, nada mais é do que a forma com que a organização gerencia as suas demandas ambientais, sejam elas decorrentes da sua política interna, ou obrigações legais. 

 

A importância de tal conceito, é justamente para mostrar que a criação de um sistema de gestão ambiental não necessariamente precisa estar ligada com a sua certificação. A certificação é sim um instrumento importante para validar o seu SGA junto às partes interessadas, de forma pública e transparente, após avaliação por uma equipe externa independente.

 

Porém, ainda sim, não deve ser visto único e exclusivamente como um fim em si próprio. A certificação deve ser encarada pelos empreendedores, como o resultado de um esforço em sistematizar e organizar as suas atividades. Por isso, não conduza a criação do seu sistema de gestão ambiental buscando se certificar o mais rápido possível, busque o foco na qualidade e na capacidade de que o seu sistema seja um reflexo das ações realizadas no cotidiano.

 

Os princípios de gestão são bem mais antigos do que a certificação em si, e sempre foram baseados na busca pela melhoria, seja quando eram apenas experimentos industriais, como Ford, Taylor, e Fayol, que revolucionaram os processos industriais. Inclusive é importante lembrarmos que as alterações nas linhas de processo criadas pelos autores citados, foram originadas da observação da rotina, criação de procedimentos padrões e análise de sua eficácia no processo. Ou seja, nada mais do que o bom e velho PDCA.

 

Somente muito tempo depois que vieram a estruturação dos sistemas de gestão, aglutinando o conceito do PDCA, da melhoria contínua e da padronização, criando assim as estruturas que conhecemos hoje.

 

O objetivo desse resgate histórico é justamente para mostrar que o objetivo central de um sistema de gestão, seja ele qual for, é sempre o mesmo, compreender determinado processo, identificar os melhores desempenhos, padroniza-los e implementa-los ao longo do processo, tornando-os regra ao invés de exceção, criando assim a melhoria contínua da gestão.

 

 

Com isso em mente, fica muito mais fácil responder a pergunta, se vale a pena ou não ter um sistema de gestão ambiental. Claro que vale, desde que ele seja em sua essência um sistema de gestão, baseado na realidade da indústria, buscando métodos e técnicas que trazem melhorias e assim contribuem para a eficiência e produtividade.

 

Se você tiver um sistema dessa natureza em sua empresa, a certificação não será mais do que um mero reconhecimento, e terá uma importância muito menor, face a grandeza dos aperfeiçoamentos de performance que você terá atingido e irá atingir.

 

Independente do porte, tamanho ou atividade que a sua empresa, criar um sistema de gestão ambiental é possível e pode representar uma excelente oportunidade para reduzir custos, diminuir os erros, aumentar a eficiência e melhorar a sua performance empresarial. 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como evitar dificuldades na renovação de licenças ambientais.

October 5, 2016

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo